Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte


Poli seleciona estudantes para programa de duplo diploma em diversos países

Processo seletivo de Duplo Diploma escolherá estudantes para intercâmbio em instituições da França, Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália, Peru e Portugal

O Serviço de Relações Internacionais da Escola Politécnica da USP, setor responsável pela logística dos programas de mobilidade internacionais da comunidade politécnica, divulgou dois editais com as orientações sobre o processo seletivo para os programas de duplo-diploma. Os editais selecionarão alunos para diversas instituições de ensino superior conveniadas, na Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália, Peru e Portugal, além das renomadas instituições francesas: Ecoles Centrales (Lille, Lyon, Marseille, Nantes e CentraleSupelec) e Ecole Polytechnique.

Os formulários de candidatura estarão disponíveis na Intranet Antiga somente durante o período de 28 de julho até 14 de agosto de 2017, segunda-feira, às 23h00.

Para o processo seletivo das instituições da Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália, Peru e Portugal, poderão se candidatar alunos regularmente matriculados na Poli ingressantes pelos Vestibulares FUVEST em 2015. Outras informações no edital.

Já no processo seletivo das Ecoles Centrales e Ecole Polytechnique, poderão se candidatar alunos regularmente matriculados na Poli ingressantes pelos Vestibulares FUVEST em 2016. Outras informações no edital.

Outras informações com o Serviço de Relações Internacionais da Poli-USP pelo site   http://www.poli.usp.br/pt/international.html, e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou pelos telefones 3091-5751 e 3091-1868.

 

Mercado de trabalho busca profissionais proativos e que saibam se adaptar a situações adversas

Principais empresas brasileiras e estrangeiras destacaram as qualidades mais desejadas nos profissionais durante a 27ª edição do Workshop Integrativo

Segundo empresas como Itaú, Ambev e Monsanto, não há um perfil específico do “profissional perfeito” atualmente. Contudo, algumas qualidades são consideradas diferenciais na hora da contratação, como proatividade, desejo contínuo de inovação e, principalmente, capacidade de adaptação a problemas ou dificuldades. São pessoas com esse perfil que empresas participantes da 27ª edição do Workshop Integrativo (WI) estão procurando. O evento, uma iniciativa da Poli Júnior, se realiza nas dependências da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e termina nesta quinta-feira (10/08).

 “Nós procuramos gente de diversas áreas, mas que sejam versáteis e consigam se adaptar facilmente”, afirma Lucas Barros, que participa de um programa de estágio na Monsanto desde fevereiro. Ele cursa Engenharia Mecânica na Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), e diz que trabalhar na empresa está sendo uma experiência enriquecedora.

Lucas não é o único que veio de universidades sediadas fora de São Paulo. Dezoito caravanas com estudantes de outras cidades, como dos campi da USP em Lorena e São Carlos, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) de São José dos Campos, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), e também instituições particulares, como o Mackenzie e Instituto Mauá de Tecnologia, participaram do evento. Na ocasião, os estudantes conheceram os programas de estágio e trainee de 79 empresas nacionais e internacionais, e tiveram a oportunidade de conversar com pessoas que atuam no mercado de trabalho há algum tempo.

É o caso da Giovana Ilibio, que cursa Farmácia na Unifesp. É a primeira vez que ela vai à feira, mas pretende repetir nos próximos anos. “Fiquei sabendo do evento por meio das redes sociais. Acredito que seja uma ótima oportunidade para conhecer as empresas e seus planos de carreira”.

Os estandes – Serão aproximadamente 7.000 visitantes durante os dois dias do WI. Para se destacar em meio a tanta gente, as empresas pensaram em estratégias para chamar atenção a seus estandes e atrair o público. A Porto Seguro, por exemplo, investiu em palestras rápidas, de no máximo 15 minutos. Nelas, profissionais da seguradora conversam com o público e falam sobre suas funções.

A Natura expôs seus produtos e permitiu que o público os provasse. Além disso, promoveu sorteios de hora em hora. A Accenture, empresa de consultoria, resolveu inovar na decoração e trouxe um cenário de garagem para o WI.

O tema tecnologia também foi constante entre as expositoras. A Ambev levou ao público a ZX Ventures, uma startup que atualmente faz parte da empresa e trabalha no setor tecnológico e de inovação. Já o banco Itaú está promovendo atividades com drones, em que os participantes podem conduzir e tentam ultrapassar obstáculos.

Causas Sociais – Uma das expositoras, a Quero Educação, mostrou ao público do WI que empreendedorismo e causas sociais podem caminhar juntos.  

A startup, que nasceu de um trabalho de conclusão de curso desenvolvido no ITA, em 2010, auxilia estudantes das áreas mais remotas do país a encontrarem o curso ideal por um preço acessível. Por meio do programa Quero Bolsa, as instituições de ensino superior são contatadas para a negociação de descontos e bolsas para quem está inscrito no programa e não possui condições financeiras.

Já são mais de 200 mil alunos matriculados pela iniciativa e mil instituições parceiras, mas eles pretendem atingir ainda mais. “Viemos aqui hoje porque queremos mostrar que empreender e impactar socialmente pode funcionar”, defendeu Raphael Rezende, do setor de Recursos Humanos da startup.

Confira as fotos do evento aqui

(Amanda Panteri)

 

Comissão de Pós em Engenharia Metalúrgica acolhe inscrição de representantes discentes

Eleições Discentes – Deferimento de inscrições:

Informamos o deferimento do pedido de inscrição de chapa para representação discente junto à Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Metalúrgica, conforme a portaria nº 2183 de 06/07/2017:

Chapa: Éder Baroni da Silveira (Titular) e Gustavo José Suto de Souza (Suplente)

Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

 

III Workshop do RCGI apresenta resultados de um ano e meio de pesquisas

Além de mostrar a evolução dos 29 projetos científicos do Centro, evento terá media training para orientar pesquisadores no trato com a imprensa.

Entre os dias 8 e 10 de agosto o Fapesp Shell Research Centre for Gas Innovation (RCGI) realiza seu terceiro workshop interno. O evento irá reunir coordenadores e pesquisadores dos 29 projetos do RCGI, que apresentarão os resultados de suas pesquisas após um ano e meio de trabalho.

Cada coordenador (ou equipe) terá 15 minutos para apresentar o que vem sendo feito em seus projetos e serão dados mais cinco minutos para perguntas e questionamentos da plateia, estimada em cerca de 150 pessoas. O workshop acontece no anfiteatro do prédio de Engenharia Mecânica e Naval, na Escola Politécnica (Poli/USP), e as inscrições podem ser feitas neste link: http://bit.ly/2u5MEFl

No dia 8, o evento começa na parte da tarde (13h30) com as boas vindas dadas por Gustavo Assi, diretor de Difusão e Comunicação do RCGI. Na sequência, o professor Julio Meneghini, diretor científico do Centro, fala sobre os novos projetos que deverão entrar no portfólio do RCGI ainda este ano.

“Temos algumas propostas de novos projetos, ainda em estudo. O carro movido a hidrogênio é um deles. Também estamos estudando projetos na área de biodigestores, em diversas linhas, com a ajuda da professora Suani Coelho, expert no tema. Temos ainda uma proposta de estudo de hubs offshore, no âmbito do conceito gas to wire, e de substituição do diesel em caminhões usados no setor de mineração, junto com a equipe do professor Kazuo Nishimoto, do Tanque de Provas Numérico da Poli-USP”, adianta Meneghini.

A abertura termina com a palavra de Guilherme Rocha, external relations da Shell, uma das financiadoras do RCGI. A partir das 15h começam as exposições dos projetos 11 a 20, todos do programa de Físico-Química, coordenado pelos professores Rita Maria de Brito Alves, Reinaldo Giudici e Claudio Oller. A chair será a professora Rita Maria.

No dia 9, a programação começa às 8h30 com os projetos do Programa de Engenharia, coordenado pelos professores Emílio C. Silva e Guenther Krieger Filho. Até as 11h40 serão mostrados os resultados dos projetos 1 a 10. O chair é o professor Emílio Silva.

Após o almoço, as exposições se concentram nos resultados dos projetos 21 a 28, inseridos no programa de Economia e Políticas de Energia, cuja coordenação é dos professores Edmilson Moutinho dos Santos, Hirdan Katarina de Medeiros Costa e Suani Teixeira Coelho. Quem recepciona os pesquisadores, neste caso, é o professor Edmilson Moutinho. O projeto 29, do Programa de Engenharia, será apresentado entre o projeto 21 e 22, às 14:20.

Meneghini lembra que o encontro é uma ótima oportunidade de integração entre a equipe de cientistas do RCGI e também uma chance de mostrar o que vem sendo pesquisado no Centro para aqueles que se interessam por estudos relacionados ao gás natural, biogás, hidrogênio e gestão, transporte e armazenamento de CO2. “Ambientes multidisciplinares criam a sinergia necessária para a resolução de problemas e um clima profícuo para a pesquisa e a inovação”, resume.

No último dia (10), entre 9h e 12h, será realizado um media training para os participantes do evento. O objetivo é fornecer informações gerais sobre como os pesquisadores do RCGI devem lidar com a imprensa. O responsável pelo treinamento é José Roberto Ferreira, diretor da Acadêmica Assessoria de Comunicação (que presta serviços de assessoria de imprensa para o RCGI) e ex-presidente da Associação Brasileira de Jornalismo Científico.

Serviço: III Workshop Interno do RCGI

Datas: 8, 9 e 10 de agosto de 2017

Horários: Dia 8 – das 13:30 às 18:30; dia 9 – das 08:30 às 17:40; dia 10 – das 09:00 às 12:00 (media training)

Local: Anfiteatro do Prédio de Engenharia Mecânica e Naval – Av. Professor Mello Moraes, 2231, Escola Politécnica da USP

Inscrições: http://bit.ly/2u5MEFl

 

Poli comemora 124 anos com apresentação da OSUSP e lançamento de Programa de Carreira

A Escola promove um evento no Auditório Professor Francisco Romeu Landi, Prédio da Administração Central

No próximo dia 24 de agosto, a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) completa 124 anos de existência. Para marcar a data, a Diretoria promove uma apresentação da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) e a abertura do Programa de Carreira, uma parceria com o Fundo Patrimonial Amigos da Poli. O evento acontecerá no dia 21 de agosto, às 17 horas, no Prédio da Administração Central da Escola.

A programação contará com obras de Gustav Holst, Mozart e Cadima, e será seguida por uma explicação a respeito da abertura do Programa de Carreira, uma espécie de embrião de um escritório de carreira voltado aos alunos da graduação. O Programa tem duração de sete meses e proporciona aos alunos da Poli treinamentos, estágios de férias e mentoria individual com o objetivo de auxiliá-los no gerenciamento de suas vidas profissionais.

Saiba mais sobre o Programa aqui.

Histórico da Escola – A Poli foi fundada no ano de 1893 por Antonio Francisco de Paula Souza, cuja experiência na Escola Politécnica da Suíça o motivou a criar uma instituição de ensino nos mesmos moldes, aliando forte ensino teórico à formação prática aplicada, e visando formar profissionais que atendessem aos avanços tecnológicos. Sua primeira instalação foi o Solar do Marques de Três Rios, na Avenida Tiradentes, passando para a Estação da Luz, em 1960, e posteriormente para a Cidade Universitária, com a criação da USP.

Atualmente, as instalações da Poli representam cerca de 7% da área total da Universidade, com nove prédios, 15 Departamentos, 17 cursos, cerca de 500 docentes e cinco mil alunos. Ela é considerada uma das mais renomadas Escolas de Engenharia da América Latina, e possui acordos de internacionalização com diversos países ao redor do mundo, incluindo França, Alemanha, Estados Unidos, Peru, entre outros.

Serviço:

Abertura do Programa de Carreira e Apresentação da OPUSP
Data:
 21/08/2017
Horário: 17h
Local: Auditório Professor Francisco Romeu Landi, Prédio da Administração Central da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Av. Prof. Luciano Gualberto, Travessa 3, 380 – Cidade Universitária, Butantã, São Paulo – SP)

Inscrições: https://www.eventbrite.com/e/abertura-programa-de-carreira-e-124-anos-de-escola-politecnica-da-usp-tickets-36593249394

 

Poli-USP divulga edital de processo seletivo para Pós-Graduação em Engenharia de Produção

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) abre inscrições, de 01/08 a 20/09/17, para o processo seletivo de ingresso nos cursos de Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção (PPGEP) da Instituição. Com uma única área de concentração, o Programa possui cinco linhas de pesquisa: Economia da Produção e Engenharia Financeira (EPEF); Gestão de Operações e Logística (GOL); Gestão da Tecnologia da Informação (GTI); Qualidade e Engenharia do Produto (QEP); e Trabalho, Tecnologia e Organização (TTO).

O processo seletivo é dividido em duas fases eliminatórias. Na primeira, que acontecerá no dia 20 de outubro, os alunos serão submetidos a um teste aplicado e avaliado pela Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO). Os candidatos com melhor desempenho geral no exame participarão da segunda fase. Esta etapa, que ocorrerá no dia 29 de novembro, consiste em uma prova escrita e na avaliação do projeto de pesquisa dos candidatos pelos grupos de pesquisa do PPGEP.

Poderá ser dispensado da primeira fase o candidato que apresentar o resultado obtido nos certificados internacionais Graduate Management Admission Test (GMAT) e Graduate Record Examination (GRE). Informações adicionais sobre os requisitos exigidos para a consideração da nota destes exames, outras formas de dispensa das provas do processo e participação de candidatos de fora do Brasil estão disponíveis no edital.

Os alunos aprovados no Programa poderão pleitear bolsas oferecidas por agências de fomento, dependendo da disponibilidade dessas.

O resultado final será divulgado no dia 11 de dezembro, no site do PPGEP. As matrículas serão realizadas no início de 2018 (data a definir).

Datas das apresentações das linhas de pesquisa do PPGEP-USP 2017-18 e outras informações: http://ppgep.poli.usp.br/processo-seletivo

Edital: clique aqui

 

Poli-USP e Amigos da Poli preparam estudantes para o mercado de trabalho

O Programa de Carreira é uma parceira entre a Escola e o Fundo com o intuito de oferecer mentoria profissional a alunos durante sete meses 

Trinta e cinco alunos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) passarão os próximos sete meses sendo preparados para ingressar no mercado de trabalho. É o que promete o Programa de Carreira, fruto de uma parceria entre a Escola e o Fundo Patrimonial Amigos da Poli. O Programa irá oferecer treinamentos diversos, como palestras, workshops e oficinas, além de um estágio de férias acompanhado de mentoria individual. Para oficializar a abertura do Programa, o Amigos da Poli realiza um evento no dia 21 de agosto, às 17 horas, no prédio da Administração Central da Escola, em São Paulo.

O autoconhecimento, o planejamento de carreira e o desenvolvimento de diversas habilidades tendo em vista preparação para o mercado de trabalho serão alguns dos tópicos abordados ao longo do treinamento. O processo de seleção de 35 dos 304 alunos inscritos contou com formulários, provas e entrevistas com o objetivo de abranger as diversas áreas da Engenharia e, assim, selecionar um grupo multidisciplinar.

O projeto é o embrião da criação de um escritório de carreira nos moldes do Career Development Office (CDO), programa de mentoria muito comum nos Estados Unidos que auxilia estudantes das universidades a se prepararem para o mercado.

Como funcionará - Logo nas primeiras sessões, os alunos participam de workshops de autoconhecimento para identificar seus pontos fortes e fracos e avaliar como melhorar suas qualidades para o ingresso no mercado de trabalho. Além disso, uma série de treinamentos abordam técnicas de resolução de problemas, estratégia e finanças corporativas.

Ao longo do Programa, os alunos são acompanhados por um mentor politécnico recém-formado, que compartilha aprendizados sobre os desafios encontrados no ambiente profissional e ajuda o aluno a conhecer os setores com as melhores oportunidades profissionais.

Na etapa final, os alunos participam de um estágio de férias com o objetivo de executar um projeto desafiador para uma empresa e com o suporte de um gestor. Empresas como Natura, Oxiteno, Klabin e Raia Drogasil são parceiras do projeto.

-------------------------

Serviço:

Abertura do Programa de Carreira e Apresentação da OPUSP
Data:
 21/08/2017
Horário: 17h
Local: Auditório Professor Francisco Romeu Landi, Prédio da Administração Central da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Av. Prof. Luciano Gualberto, Travessa 3, 380 – Cidade Universitária, Butantã, São Paulo – SP)

---

As inscrições na abertura podem ser feitas de duas formas: 

 

Via confirmação para o email  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;

Via ingresso: https://www.eventbrite.com/e/abertura-programa-de-carreira-e-124-anos-de-escola-politecnica-da-usp-tickets-36593249394


 

 


Página 2 de 27