Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Cresce número de inscritos para o SIICUSP 2017 na Poli

Cresce número de inscritos para o SIICUSP 2017 na Poli

Escola participa do 25º Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica, uma iniciativa da USP. Em setembro, serão apresentados na Poli trabalhos que tenham relação com a área de Engenharia 

Houve um aumento de quase 10% no número de projetos de iniciação científica relacionados à área de Engenharia e que serão apresentados entre os dias 19 e 22 de setembro na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). A mostra integra a programação da 25ª edição do Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP (SIICUSP), promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa. Em 2016, foram apresentados 219 projetos de iniciação. Neste ano, são 238. Além disso, aumentou a participação de alunos que não recebem bolsas de financiamento - de 30 para 85 - e também a de estudantes de instituições externas à USP.

O fato de ter mais inscritos e menos alunos bolsistas neste ano é um indicador positivo, pois demonstra que os estudantes entendem da importância acadêmica em participar da maior mostra de projetos de iniciação científica do País. “Isso demonstra que nossos estudantes estão cada vez mais conscientes do quanto fazer um projeto de iniciação científica pode ajudar na sua formação” ressaltou Gilberto Francisco Martha de Souza, presidente da Comissão de Pesquisa da Poli-USP. (Veja os dados que comparam os inscritos de 2016 e 2017 aqui).

O Simpósio consiste na apresentação de projetos de iniciação científica e tecnológica desenvolvidos por estudantes da USP e de outras instituições públicas e privadas. As diversas unidades da USP sediam o Simpósio, expondo os projetos relacionados à sua área. No caso da Poli, são apresentados os trabalhos relacionados às Engenharias oferecidas pela Escola, como Civil, Ambiental, Computação, entre outras. Durante os dias de exposição, as pesquisas são avaliadas e os melhores trabalhos de cada Unidade concorrem na etapa internacional.

Em 2016, cinco dos alunos da Poli que foram escolhidos na etapa internacional receberam menção honrosa, concedida pela Pró-Reitoria de Pesquisa da USP (PRP-USP).

Como funciona - O Simpósio acontece anualmente com o objetivo de divulgar e enaltecer as pesquisas científicas e tecnológicas realizadas por estudantes de graduação. Em cada edição, a PRP-USP define o período em que as Unidades da USP devem realizar as suas exposições, e aquelas que apresentaram menos de vinte projetos durante o ano anterior, fazem o evento em conjunto. Em 2017, todas elas promovem as apresentações do dia 21 de agosto a 16 de outubro.

Os alunos que não são da USP se inscreveram na unidade que engloba a área do conhecimento de sua pesquisa. Nos dias da exposição, os estudantes podem apresentar os projetos de forma oral, como seminário, ou usando pôsteres, no qual explicam aos visitantes e avaliadores mais detalhes de seus projetos. No caso da Poli-USP, os participantes apresentam seus projetos em pôsteres. Os critérios para as notas das apresentações foram pré-estabelecidos pela Pró-Reitoria de Pesquisa da USP e incluem ética na realização dos experimentos, conhecimento do estudante sobre o projeto e seus resultados obtidos, relevância e desempenho oral do expositor.

Cada trabalho apresentado será analisado por três avaliadores, geralmente docentes ou pesquisadores, doutores, estudantes de doutorado e pós-doutorandos de áreas relacionadas ao projeto. Após isso, a Comissão de Pesquisa da Unidade deve indicar os 15% melhores para concorrerem na etapa internacional, que consiste em uma nova avaliação, dessa vez com um pôster em língua inglesa, havendo uma premiação para os destaques das diversas categorias. Entre os ganhadores da Menção Honrosa, 20 participarão de eventos realizados por universidades estrangeiras em 2018.

Confira a programação da semana: 

calendario-siicusp